Por Que Não Tem Furacão no Brasil?

Não tem furacão no Brasil porque aqui a temperatura da água do mar não é alta o suficiente para induzir a formação de um. Não acontecem furacões no Brasil porque eles surgem a partir de um choque térmico entre a alta temperatura do oceano com a baixa temperatura da atmosfera, condições que são raras no país e em toda parte sul do Atlântico.

No entanto, o Brasil não está totalmente protegido contra furacões e já foi atingido por um em 2004: o ciclone tropical Catarina.

Mesmo assim, o fenômeno é raro de acontecer porque as águas brasileiras não são quentes o suficiente e, quando são, como no Nordeste, não há massas de ar frio que possam causar um choque térmico de grande impacto para induzir a formação de furacões.

Furacão Catarina no Brasil

Sim, existe furacão no Brasil (ou já existiu). O furacão Catarina, no Brasil, foi o primeiro furacão registrado em toda a história no Atlântico Sul, mas não com esse nome popular. O furacão Catarina atingiu o litoral de Santa Catarina e do Rio Grande do Sul em março de 2004 e seus ventos chegaram a 180 km/h.

Por aqui, o furacão ganhou o status de ciclone tropical, que é a denominação mais comum para a região.

Um ciclone extratropical deu origem ao ciclone tropical Catarina em uma área onde nenhum ciclone tropical jamais havia se formado. Por onde passou, Catarina deixou rastros de destruição e mortes: foram 4 mortos, 518 pessoas feridas e 33 mil desabrigadas, além de um prejuízo de 1 bilhão de reais.

Qual é a Diferença entre Tornado e Furacão?




A diferença entre tornado e furacão está no diâmetro e velocidade dos ventos. Um furacão é um tipo de ciclone tropical que não pode ser visto a olho nu, já que pode chegar a 400 km de diâmetro, enquanto o tornado tem, em média, 100 metros, é compacto e pode ser observado claramente.

Os ventos de um furacão costumam ter 120 km/h ou mais. Eles atingem uma área muito extensa, duram mais tempo e são percebidos como uma forte tempestade. Os tornados podem ter ventos de até 500 km/h, duram pouco tempo e atingem áreas menos extensas. No entanto, causam ainda mais destruição.

Como São Formados os Tornados?

Explicando resumidamente a formação dos tornados: os tornados são formados quando duas massas de ar – uma quente e úmida e outra fria e seca, vêm de direções opostas e se encontram, formando nuvens gigantes, tempestades e ganhando a forma de funil que, quando toca o chão, suga tudo que vê pela frente.

Tornados acontecem no Brasil com mais frequência que os furacões, que são raridade: em 20 anos, mais de 200 tornados já foram registrados por aqui.


Veja Também:

Por Que no Brasil Não Tem Terremoto?