» » Por Que Temos que Tomar Banho?

Por Que Temos que Tomar Banho?

Precisamos tomar banho porque ele é uma questão de saúde. Tomar banho todos os dias é essencial para equilibrar a presença de bactérias e fungos que já existem naturalmente no nosso corpo, além de outros resíduos, cujo excesso pode causar dermatites e outras doenças infecciosas e inflamatórias na pele.

O banho ajuda a retirar as células mortas da superfície de nossa pele e nos renovam, dando brilho, frescor e, é claro, um cheirinho gostoso!

Afinal, quem não gosta de se livrar daquela sensação de que está impregnado, ao final de um dia de correria, com toda a poeira e a poluição vindas das ruas, além do próprio suor, sobretudo nos dias de calor intenso?

Por que a pele fica coçando depois que tomo banho?

Se sua pele costuma coçar após o banho e você fica se perguntando o porquê disso, saiba que ela pode estar ficando irritada por causa das substâncias químicas presentes nos produtos utilizados (sabonetes, shampoos, etc.), principalmente o lauril sulfato de sódio, a substância que cria a espuma e pode fazer surgir a coceira.

A presença de cálcio na água também pode causar coceira na pele após o banho, pois não tira o sabão por completo e deixa a pele mais ressecada, assim como tomar banho com água muito quente, principalmente depois de se expor ao sol, o que piora o ressecamento. Você também pode ter alergia aos produtos utilizados.

Por que alguns idosos não gostam de tomar banho?

O idoso que não gosta de tomar banho pode ter suas razões. Quando a velhice chega o banho pode se tornar um fardo porque alguns movimentos ficam mais difíceis, mais lentos e a coordenação motora já não é mais a mesma, motivos que o deixam frustrado e impaciente.

Além disso, a depressão e a queda da autoestima na velhice também podem fazer com que o banho já não tenha mais tanta importância. Doenças mentais, como o Alzheimer, podem fazer o idoso se esquecer da rotina de higiene do corpo ou mesmo perder a noção de que o banho é necessário e importante.

Por haver também uma queda das atividades nesse período, o idoso pode achar que não precisa de banho, já que não faz tantos esforços físicos assim e, consequentemente, não fica suado!

Não pode tomar banho depois ou antes de comer?

Há algumas situações em que tomar banho depois de comer pode fazer mal e até mesmo ser fatal.

Isso acontece porque depois que nos alimentamos o corpo concentra o seu fluxo sanguíneo na região abdominal para fazer a digestão e se tomarmos banho muito frio o organismo terá que trabalhar mais para manter a temperatura corporal desviando o fluxo sanguíneo para essa função, o que causará indigestão, mal-estar e vômitos.

Além disso, comer e nadar logo após pode provocar situação semelhante, já que o corpo também terá que utilizar o fluxo sanguíneo concentrado no processo digestivo.

Nos casos mais graves, essas situações podem até levar à morte por choque hipovolêmico, condição em que os órgãos vitais não recebem a quantidade de sangue adequada para funcionar.

Com que frequência devemos tomar banho?

É importante que nós tomemos banho todos os dias, ainda mais em um país tropical como o nosso. Mas o excesso também é prejudicial. O ideal é tomar de 2 a 3 banhos no verão e 1 ou 2 banhos no inverno.

As partes íntimas devem ser lavadas 1 ou 2 vezes por dia, no verão, e 1 vez no inverno. Essa quantidade delimitada deve-se ao fato de que, se usarmos produtos íntimos em excesso na região íntima, isso pode acabar prejudicando a flora do local e dar espaço para a proliferação de bactérias e fungos!

Segundo alguns espiritualistas, os banhos com ervas ou outros ingredientes servem ainda para equilibrar as energias, os chakras e se livrar do mal olhado!

Tomar banho é uma questão cultural

As pessoas tomam banho porque é um costume fazê-lo. Aqueles que não tomam banho e cheiram mal são considerados “porcos” pela sociedade e dificilmente são aceitos em um grupo.

Mas antigamente não era assim! Na Idade Média, em outros países, as pessoas tomavam apenas 3 banhos por ano, pois acreditavam que a água abria os poros e deixava o corpo exposto às doenças e até mesmo por questões religiosas, já que o banho era recriminado pela Igreja. 

Nos países mais frios da Europa, por exemplo, não se tomava banho todos os dias, aliás: ficavam-se vários dias sem tomar banho, sobretudo no inverno. Hoje isso pode até existir, mas é muito menos comum já que a grande maioria das casas possuem aquecedores. Que bom que os costumes mudam, né?

Atualizado em: 22/11/2017 na categoria: Cotidiano

Quer receber as melhores curiosidades?