» » Por Que a Chuva Ácida Recebeu esse Nome?

Por Que a Chuva Ácida Recebeu esse Nome?

A chuva ácida recebeu esse nome porque tem grande quantidade de óxidos em sua composição, como dióxido de enxofre e de nitrogênio, que tornam a água da chuva ácida. Essas substâncias poluentes são lançadas na atmosfera através da queima de combustíveis fósseis, como o carvão e petróleo.

As reações químicas que acontecem quando esses óxidos se combinam com o hidrogênio (presente nas moléculas de água da chuva) formam o ácido sulfúrico, ácido sulfuroso, ácido nítrico e ácido nitroso, principais componentes das chuvas ácidas. 

Qualquer chuva ou outro tipo de precipitação atmosférica (neve ou granizo, por exemplo) que contenha teor mais alto de acidez do que aquele causada pela interação das moléculas de água com o dióxido de carbono (CO2) é denominada ácida.

Na verdade, do ponto de vista químico toda chuva é ácida, porque que contém, naturalmente, ácido carbônico (H2CO3). O termo chuva ácida é utilizado pela Geografia que considera ácidas as chuvas com pH abaixo do N.T (Nível de tolerância pH) igual ou próximo a 5,5.

Qual é a Relação do Nome Chuva Ácida com a sua Composição?

A relação do nome chuva ácida com a sua composição é estabelecida porque nela existem substâncias ácidas (ácidos sulfúrico, sulfuroso, nítrico e nitroso) formadas pela interação da molécula de água com gases e partículas poluentes ricos em dióxido de nitrogênio e dióxido de enxofre.

Qual é a Origem dos Compostos Formadores da Chuva Ácida?

A principal origem dos compostos formadores da chuva ácida é a queima de combustíveis fósseis (óleo diesel, gasolina, carvão mineral, gás natural e petróleo) durante a atividade industrial que libera dióxido de enxofre e óxido de nitrogênio, principais componentes da chuva ácida, além do dióxido de carbono e metais pesados.

Há ainda outras causas para toda essa poluição atmosférica, como a destinação incorreta do lixo e sua decomposição que acontece a céu aberto sem qualquer cuidado ambiental, a decomposição dos dejetos produzidos pelas grandes criações de gado, além dos gases que contêm enxofre e são expelidos pelos animais e através das queimadas.

Quais os Fatores que Transformam a Água da Chuva em Chuva Ácida?

O fator que transforma a água da chuva em chuva ácida é o contato da água com os poluentes industriais que são lançados na atmosfera durante o processo de queima de combustíveis fósseis e com os gases tóxicos produzidos pelos automóveis diariamente: dióxido de enxofre e dióxido de nitrogênio são os principais vilões.

Esses poluentes formam ácidos ao interagirem com as moléculas de água da chuva na atmosfera, tornando a chuva ácida.

Qual é o Efeito da Chuva Ácida Sobre os Monumentos e os Seres Vivos? Por Que Isso Acontece?

O efeito da chuva ácida sobre os monumentos é a corrosão dos mesmos. O efeito da chuva ácida sobre os seres vivos pode ser até mesmo fatal, no caso das trutas, um tipo de peixe que é muito afetado ao ser atingido por esse tipo de precipitação.

A chuva ácida dissolve os monumentos históricos porque a maioria deles é feita de mármore (carbonato de cálcio e pedra sabão, que contém carbonato de sódio).

Os carbonatos reagem aos ácidos presentes na chuva ácida e são solúveis em água: por isso são corroídos com tanta facilidade. Casas e outras construções, automóveis e outros utensílios também podem ser danificados.

A chuva ácida é particularmente prejudicial às trutas, pois ao atingirem esse tipo de peixe podem causar a sua morte. Ela também causa o envenenamento de outros animais que vivem na água e dos seres vivos que a bebem, corrói e causa a morte de árvores e plantas, além de envenenar o solo, que deixa de ser produtivo.

Atualizado em: 27/05/2018 na categoria: Ciência

Quer receber as melhores curiosidades?