» » Por que LIBRAS é uma Língua e não uma Linguagem?

Por que LIBRAS é uma Língua e não uma Linguagem?

LIBRAS é considerada uma língua ou idioma porque possui regras próprias, gramática, sintaxe e é composta por todos os níveis linguísticos, como qualquer outra língua. É por isso que LIBRAS significa Língua Brasileira de Sinais e não Linguagem Brasileira de Sinais.

Toda língua possui os níveis fonológico (estuda o aspecto sonoro das palavras), morfológico (estrutura e forma das palavras), sintático (estuda as palavras que formam uma frase) e semântico (significado das palavras e frases), inclusive a LIBRAS.

Linguagem

Linguagem, por sua vez, refere-se à comunicação, que pode acontecer através da fala, do tato, dos gestos, de movimentos, de imagens, de sons, etc.

A linguagem pode ser verbal, quando utiliza a palavra, não-verbal, quando se utiliza de gestos, movimentos e imagens, por exemplo, e mista, quando apresenta elementos verbais e não-verbais.

O alfabeto manual é universal?

O alfabeto manual ou datilologia não é universal. Cada país ou comunidade possui o seu próprio alfabeto manual, que serve para soletrar nomes que não possuem gestos próprios para identificá-los, como nomes de pessoas e ruas, por exemplo.

A LIBRAS é uma língua universal?

Como a própria sigla já diz, LIBRAS é a Língua Brasileira de Sinais, portanto, não é universal. Cada país ou região possui sua própria língua de sinais.

LIBRAS sofre regionalismo?

A Língua Brasileira de Sinais também sofre regionalismo, ou seja, variações de região para região, assim como qualquer outro idioma.

Atualizado em: 25/05/2018 na categoria: História

Quer receber as melhores curiosidades?