» » Por que choramos?

Por que choramos?

Nós choramos por tristeza, por alegria, ao sentirmos dores físicas e emocionais, frustração e tantos outros sentimentos. O choro é uma forma poderosa de se expressar e não há quem passe despercebido por alguém que esteja chorando!

Choramos também quando nos sensibilizamos com a dor e a tristeza do outro, mesmo que o outro seja um personagem de um livro ou filme. Isso tem a ver com a empatia: a capacidade de se colocar no lugar de alguém e experimentar as suas angústias.

Quando choramos movidos por algum fato que abalou ou entristeceu outra pessoa, isso estimula o nosso sistema nervoso parassimpático e então são liberadas substâncias nas lágrimas, como a oxitocina, que reduzem o estresse e a ansiedade.

Você sabia? Os humanos são os únicos animais de todo o mundo que choram e produzem lágrimas de emoção mesmo depois de adultos!

Lágrimas são contagiantes: ver alguém chorando pode fazer você chorar em segundos, seja de tristeza ou felicidade.

No caso dos bebês, o choro é uma forma de demonstrar uma necessidade, física ou emocional. Uma curiosidade é que os recém-nascidos não produzem lágrimas no choro, só vão desenvolvê-las mais tarde, depois de algumas semanas quando seus canais lacrimais já estão completamente desenvolvidos!

Alguns especialistas afirmam ainda que chorar é uma maneira infalível de extravasar e demonstrar nossas emoções e que segurar as lágrimas pode até ser prejudicial à saúde!

Tipos de Lágrimas

três tipos de lágrimas: basais, reflexivas e emocionais.

  • As lágrimas basais são produzidas o tempo todo pelas glândulas lacrimais. Esse tipo de lágrima é o líquido que mantém os nossos olhos umidificados, que se espalha pela superfície do globo ocular a cada vez que piscamos;
  • As lágrimas reflexivas são produzidas quando algum corpo estranho entra no olho e causa algum tipo de irritação, ou mesmo quando bocejamos ou gargalhamos;
  • Por fim, as lágrimas emocionais são produzidas quando há um forte estímulo emocional. A concentração de proteína contida nelas é 24% maior do que nas lágrimas reflexivas.

Atualizado em: 25/05/2018 na categoria: Sentimentos

Quer receber as melhores curiosidades?