» » Por que a Herpes não tem Cura?

Por que a Herpes não tem Cura?

A herpes não tem cura porque o vírus que causa essa infecção não pode ser eliminado do corpo, instalando-se nas terminações nervosas da pele – onde os medicamentos não alcançam.

No entanto, os sintomas podem desaparecer de forma espontânea ou por meio de tratamento, que inclui o uso de antiviraise anti-inflamatórios (pomadas ou comprimidos). De qualquer maneira, é possível que as lesões voltem a se manifestar diante de momentos de tensão, estresse ou baixa imunidade.

Por que tratar a herpes?

O uso de medicamentos é importante para controlar a infecção, atenuando a intensidade e duração das lesões.

Consumir alimentos ricos em vitamina C, para reforçar o sistema imunológico, também ajuda a trazer uma resposta mais eficiente para a doença.

Como a herpes é transmitida?

Causada pelo Herpes Simplex 1 ou 2, a transmissão do vírus acontece quando há contato direto com as lesões de uma pessoa infectada, por meio de beijo ou contato íntimo, por exemplo, ou o compartilhamento de objetos pessoais, como copos, talheres, toalhas e roupas. O desenvolvimento da doença varia conforme a resposta imunológica e predisposição genética do paciente infectado.

Quais são os sintomas da herpes?

Vermelhidão, dor, coceira, desconforto e bolhas com líquido na região do contato com o vírus são os sintomas mais comuns da infecção. Aos poucos, geralmente após tratamento, as lesões costumam sumir, sem deixar qualquer marca no corpo. Porém, há episódios de estresse e baixa imunidade que podem levar o vírus a voltar a se desenvolver dentro das células, mantendo o ciclo de sintomas.

Quais são as áreas do corpo mais afetadas pela herpes?

Em geral, as áreas que costumam manifestar mais sintomas são o rosto, lábios, tronco e órgãos genitais. As lesões podem durar no corpo por até três semanas.

Caso perceba algum ferimento com características similares às da herpes, procure um médico.

Atualizado em: 05/02/2019 na categoria: Saúde

Quer receber as melhores curiosidades?