» » Por Que o Nome Rio de Janeiro?

Por Que o Nome Rio de Janeiro?

O Rio de Janeiro tem esse nome porque foi descoberto no dia 1º de janeiro de 1502, quando navegadores portugueses avistaram a Baía de Guanabara e por acharem que se tratava da foz de um grande rio deram o nome de Rio de Janeiro que originou o nome da cidade.

Foi a segunda capital do Brasil até 21 de abril de 1965. Hoje em dia é a segunda maior metrópole do país (a primeira é São Paulo) e a cidade mais conhecida no exterior.

História do Rio de Janeiro

Quando os portugueses chegaram eram os tupinambás que ocupavam a região ao redor da Baía de Guanabara. Foi descoberta pelo explorador português Gaspar de Lemos, mas em 1º de novembro 1555 franceses apossaram-se da Baía estabelecendo uma colônia.

Portugueses se juntaram ao Temiminós, um grupo indígena rival dos tupinambás, e atacaram a colônia francesa, que só foram totalmente expulsos da região em 1567. No dia 1º de março de 1565 os portugueses deram origem a cidade de “São Sebastião do Rio de Janeiro”, nome inicial que depois foi mudado para somente Rio de Janeiro.

O Rio de Janeiro é um dos principais centros econômicos, culturais e financeiros além de ser o principal destino turístico internacional do Brasil.

O turismo é muito forte na cidade. Praias como Ipanema, Leblon e Copacabana são as que mais recebem turistas durante todo o ano, mas além dessas têm as praias da Barra da Tijuca, Barra de Guaratiba, Arpoador, Flamengo, Abricó, Urca, Joatinga e diversas outras.

A cidade é muito visitada também durante o carnaval por ter belíssimos desfiles de suas escolas de samba Unidos da Tijuca, Beija-Flor, Salgueiro, Portela, Mocidade, Mangueira, Vila Isabel, Imperatriz, Viradouro, Estácio e outras.

Os principais bairros são a Barra da Tijuca, o Centro, Copacabana, Gávea, Ipanema, Leblon, Santa Teresa, Jardim Botânico, São Conrado e Lapa. E as principais favelas são a Rocinha, Mangueira e Complexo do Alemão.

Em 2018, Seu atual governador é Luiz Fernando Pezão que foi empossado depois de Sergio Cabral ter renunciado. E Marcelo Crivella, atual prefeito.

Atualizado em: 27/05/2018 na categoria: História