» » Por Que Existem Solos Tão Diferentes? Qual a Importância Do Solo?

Por Que Existem Solos Tão Diferentes? Qual a Importância Do Solo?

Existem solos tão diferentes porque cada local apresenta elementos químicos, características climáticas e organismos vivos diferentes uns dos outros. Os diferentes tipos de solo podem ser argilosos, arenosos, humosos e calcários dependendo dessas características e do tipo de rocha que os originou. Podem também apresentar cores diferentes.

O solo é importante porque é ele o responsável pela existência da vida de todos os seres vivos existentes, além de fornecer os recursos necessários para que todos possam se manter na Terra.

Qual a Importância Do Solo?

O solo é importante para os seres vivos porque é ele que fornece todos os elementos básicos para que a vida possa se desenvolver, como alimentação, matéria prima, minerais, areia, argila e água.

Ele também é essencial para a construção das nossas moradias, porque é no solo que elas são instaladas e é do solo que são retirados os materiais necessários para que se possa edificar, como por exemplo, a areia e a água.

Por que as minhocas são importantes para a fertilidade do solo?

As minhocas são importantes para a fertilidade do solo porque elas transformam o material orgânico em adubo.

Elas se alimentam basicamente de plantas e restos de materiais orgânicos, como casca de frutas, verduras, legumes e restos de animais. Por causa disso suas fezes contêm muitos nutrientes que acabam causando o enriquecimento do solo, já que as fezes da minhoca são depositadas nele.

Essa matéria orgânica depositada no solo pelas minhocas é chamada de húmus.

Por que a queimada acaba prejudicando a fertilidade do solo?

Uma queimada prejudica a fertilidade do solo porque retira os seus nutrienteselimina os micro-organismos decompositores que decompõem restos de plantas e animais, além das minhocas, que participam do processo de adubo do solo.

Os diferentes tipos de solo

Os diferentes tipos de solo são:

  • Solo Argiloso – É o melhor tipo de solo para o desenvolvimento da agricultura. Ele retém muita água, não é muito ácido, possui uma grande concentração de nutrientes e é mais resistente à erosão do que os outros tipos. A terra roxa é o principal exemplo de solo argiloso;
  • Solo Arenoso Possui uma textura leve, é pouco úmido, pobre tanto em nutrientes como em água e quase não tem resistência à erosão. Não é muito bom para a agricultura já que, as plantas e os organismos, no geral, encontram muitas dificuldades para sobreviverem nele. A região brasileira onde há mais solos arenosos é a região nordeste;
  • Solo Calcário – É o tipo de solo que tem pouquíssimos nutrientes, muitos pedaços de rocha em sua composição e também não é indicado para a agricultura. É um solo típico de desertos;
  • Solo Humoso – É um solo muito rico em nutrientes, ótimo para o cultivo, tem uma cor escura e por isso é conhecido como “terra preta”.

Cada tipo de solo desses apresenta uma cor diferente. Mas por que existem rochas e solos de diferentes cores? A resposta está nos tipos diferentes de elementos químicos em suas composições. Cada elemento químico e sua quantidade encontrada nos solos e rochas é responsável por um tipo de coloração.

 

Atualizado em: 27/05/2018 na categoria: Geografia