» » Quem não Pode Doar Sangue?

Quem não Pode Doar Sangue?

Antes da doação de sangue o indivíduo passa por uma triagem que obedece a normas nacionais e internacionais em relação à segurança do procedimento. Logo, todos os Bancos de Sangue do Brasil possuem as mesmas exigências.

Com base nessas normas, não pode doar sangue quem:

  • Tem menos de 16 anos;
  • Tem mais de 69 anos;
  • Tem mais de 60 anos e deseja fazer a primeira doação;
  • Tem menos que 50 quilos;
  • Possui anemia detectada no exame de sangue imediatamente antes da doação;
  • Possui bradicardia (redução dos batimentos cardíacos) ou taquicardia (aumento dos batimentos cardíacos) no momento da doação;
  • Apresentar pressão baixa ou alta no momento da doação;
  • Ter febre no dia da doação;
  • Estiver grávida;
  • Estiver amamentando, exceto se o parto já foi há mais de 12 meses.

Pessoas que apresentam ou já apresentaram as seguintes condições nunca poderão doar sangue:

  • Postadores de HIV (Aids);
  • Malária e Doença de Chagas;
  • Câncer (qualquer tipo);
  • Doenças graves que afetam o pulmão, coração, rins ou fígado;
  • Doenças que afetam a coagulação do sangue;
  • Teve hepatite depois de completar 10 anos de idade;
  • Diabetes insulinodependente ou com complicações vasculares;
  • Tuberculose extra-pulmonar;
  • Elefantíase e hanseníase;
  • Calazar;
  • Brucelose e esquistossomose hepatoesplênica.

Pessoas que já receberam enxerto de duramater, que já passaram por transplante de órgãos ou de medula e que já foram diagnosticadas com uma doença que gere inimputabilidade jurídica também não podem ser doadoras de sangue.

Essas são as restrições absolutas para a doação de sangue, mas existem algumas restrições temporárias.

Pessoas que tomaram vacinas feitas com vírus ou bactérias mortos não podem doar sangue por 48 horas, ou que tomara a vacina contra gripe.

O indivíduo não pode doar sangue por sete dias se tiver tido diarreia, gripe ou resfriado, conjuntivite, extração de dente ou outro tratamento dentário.

Existe impedimento para doação de sangue por duas semanas para quem fez tratamento com antibióticos para rubéola ou erisipela, e por três semanas após a cura de caxumba e catapora.

Por seis meses a um ano, a pessoa não pode doar sangue se fez alguma cirurgia, tatuagem ou piercing, endoscopia, se teve febre amarela ou toxoplasmose.

Homens que fizeram sexo com outros homens nos 12 meses anteriores ao dia da doação também não podem realizá-la.

Existem outros impedimentos temporários para a doação de sangue, logo, é importante verificar as condições de doações no centro de escolha antes de doar e ser sincero nas respostas dos questionários e das perguntas feitas antes da doação, pois as medidas tomadas são para garantir a sua segurança e a segurança de quem estará recebendo a doação.

A doação de sangue pode salvar vidas, mas deve ser feita com responsabilidade!

Atualizado em: 14/08/2018 na categoria: Saúde